Criando mangá com o Jump Paint XD

Como asssim, Hajime no Ippo vai parar por problemas de saúde???

A Weekly Shōnen Magazine revelou que o manga Hajime no Ippo de George Morikawa não apareceu na revista como estava planeado devido a problemas de saúde do mangaka.

A revista afirma ainda que Morikawa está a recuperar e que planeia regressar com o manga na próxima edição da revista a 21 de Junho.

Hajime no Ippo começou a ser lançado em 1989 e o 117º volume foi lançado em Abril deste ano. A obra inspirou três séries anime, uma OVA, um especial TV e um jogo para PS3.

My Hero Academia vai parar uma semana

A Weekly Shonen Jump não vai publicar na sua 28ª edição um novo capítulo do manga Boku no Hiro Academia (My Hero Academia) de Kohei Horikoshi devido a problemas de saúde do mangaká.

A revista revela que Boku no Hiro Academia vai regressar com um novo capítulo na próxima edição da revista a 19 de Junho. Já em Março o mangá também parou ‘por problemas de saúde’.

Boku no Hiro Academia (My Hero Academia) começou a ser lançado em Julho de 2014 e a Shueisha publicou o 14º volume a 2 de Junho de 2017.

A história de Boku no Hiro Academia desenrola-se à volta de Izuku Midoriya, um jovem que não tem poderes especiais e que vive num mundo onde é comum as pessoas terem poderes especiais. Mesmo assim ele sonha em um dia se poder vir a tornar num Herói.

Tsurezure Children – Trailer “Beijo”

Hey Otaku, Princess Principal estreia a 9 de Julho!!!!

O site oficial da série anime original Princess Principal começou a exibir um novo trailer e não para por aí! Foi revelado que a série vai estrear nas TVs a 9 de Julho de 2017.

Com animação pelo estúdio Actas e Studio 3Hz (Celestial Method, Dimension W), a direção é de Masaki Tachibana (Barakamon, .hack//Quantum), o argumento é de Ichiro Okouchi (Code Geass: Lelouch of the Rebellion, Kabaneri of the Iron Fortress) e o design de personagens é de Kouhaku Kuroboshi (Kino’s Journey, Sky Girls).

A série é de “ação de espionagem” e segue cinco meninas no século XIX em Londres, uma cidade dentro do Reino de Albion dividida em leste e oeste por um grande muro. As meninas servem como espiões secretos matriculados como estudantes na prestigiada escola Queen’s Mayfair. Elas fazem uso das suas habilidades individuais para permanecerem ativas no mundo subterrâneo do disfarce, espionagem, infiltrações e perseguições de carro. Vale a pena acompanhar!

Indigo Ignited – Trailer

4 Aplicativos android para ler mangás!

SHIMEJIS! SHIMEJIS! SHIMEJIS! SHIMEJIS! KAWAII-DESU!

FILMES QUE CONTAM UMA PARTE DA HISTÓRIA DO JAPÃO!!

  A História japonesa é muito interessante, ainda mais quando é retratada em filmes, que realmente mostram com exatidão (ou quase) os fatos relatados. É fascinante como os filmes que falam sobre a cultura de uma época que passou e que para nós ocidentais é muito bonito, mas para eles é comum, já que eles estudam isso. Hoje iremos falar de alguns filmes que contam a história do Japão, filmes de Hollywood e do próprio Japão (eu vi a repetição, desculpa por isso).

  1.  CARTAS DE IWO JIMA (2007): 
    Esse filme conta a parte japonesa da árdua batalha da Ilha de Iwo Jima, é a “continuação” do filme A Conquista da  Honra (filme que mostra a visão dos americanos). Ele é dirigido por Clint Eastwood, tendo no elenco os atores, kazunari Ninomiya, Ken Watanabe e Tsuyoshi Ihara (citei apenas esses, porque iria ficar extenso :p). Mesmo que o filme seja um ficção histórica/drama, ele passa para o espectador uma ideia do que aconteceu nessa batalha. Ganhador do Oscar de melhor edição sonora e foi premiado em outros festivais de filmes. Eu recomendo esse filme (os dois na verdade, assim você entende os dois pontos de vista da história).
  2. Silence (2017):  Esse filme conta a história dos jesuítas que foram para o Japão e foram recusados, já que o japoneses têm suas tradições e as respeitam. Foi indicado ao Oscar de melhor fotografia, é dirigido por Martin Scorsese, no elenco os atores, Yõsuke Kubozuka, Issey Ohara e Tonabu Asano (citei apenas esses para não ficar extenso). Infelizmente desse filme eu não tenho como falar mais, porque eu ainda não o assisti mesmo querendo muito, eu ainda não encontrei ele nas locadoras, mas o filme conta as perseguições sofridas pelos jesuítas. 
  3. Rurouni Kenshin ou Samurai X (2012): Esse filme todos já conhecem a história, mas para quem não conhece, Kenshin é um assassino conhecido por todos, mas ele abandona a sua espada e faz um juramento de não matar mais ninguém, depois de algum tempo, assassinatos em série acontecem e Kenshin é acusado, fazendo a sua promessa ser testada. O filme (e consequentemente o anime, já que o filme é sobre ele), relata várias lutas que aconteceram na vida real (mas eu não lembro o nome e nem o episódio exato que a luta passa, me desculpem por isso). É dirigido por Keishi Ohtomo, tendo atores no elenco Takeru Sato, Emi Takei e Yû Sou. 

      (As imagens publicadas aqui, foram tiradas do Google, não sei de onde vieram, mas os créditos vão para os sites que as publicaram, obrigada)

      (Contei só o necessário, porque se não eu iria me extrapolar e contar o filme inteiro, isso realmente não seria legal. Post feito apenas para fins de apresentar filmes relacionados ao Japão)
      #Gantz.

      APRESENTAÇÃO!!

      sing-coga-Gantz

      Vocês devem acha estranha essa publicação, mas eu estou aqui para me apresentar… Bom eu sou KakaLander, sou a “nova” redatora daqui (eu tive que me ausentar do blog por assuntos pessoais, mas estou de volta ao amor de minha existência). Chega de explicação chata nénon, eu gostaria que me chamassem de Gantz, acho mais legal e impactante, não ligo se me chamarem do outro nome ali em cima. Eu não sei exatamente que dia da semana irei postar, mas não vou deixar de postar, fiquem calmos, é bem capaz de ser meio louco o meu calendário aqui.  
      Eu gosto de animes e cultura japonesa, eu sei de tudo? Não, por isso estou aqui para aprender e passar o que eu sei, vou fazer parte das curiosidades do blog, minha especialidade :p, mas se der eu vou arranhar na história e em filmes que contam uma parte da história do Japão. Não me estranhem aqui tudo bem? Eu realmente sou legal, às vezes louca, mas não é para tanto.

      E vou indicar o livro que eu estou escrevendo, tem erro de português? Tem, mas eu vou ajeitar com o tempo, o começo a escrita é estranha (muito), mas continuem é legal eu juro! Eu escrevo com carinho, escrevo por prazer, não é por outro motivo, gosto do que faço, o nome dele é: A Maldição De Uma Vampira. O link para ele está pelos lados do blog, não sei exatamente, mas deve estar por aqui… Até qualquer dia terráqueos!

      #Gantz

      %d blogueiros gostam disto: